Menu
Jean-Claude Decaux, o jovem pioneiro

Jean-Claude, o Visionário

Em 1953 na Beauvais francesa, a norte de Paris, Jean-Claude Decaux, na altura com apenas 16 anos, acreditava firmemente na força que a publicidade tinha sobre as vendas de um produto.  Certo dia, deixado a gerir a loja dos seis pais, enquanto foram de férias, resolve afixar cartazes na rua a promover o negócio de família. O efeito que a publicidade exterior teve é imediatamente reconhecido em Beauvais e logo recebe pedidos de outros lojistas para fazer o mesmo para eles.
Começava assim a borbulhar na cabeça de Jean-Claude Decaux um novo negócio: o da promoção de produtos usando mobiliário urbano. Aos dezoito anos, decide contratar seis pessoas para que instalem cartazes outdoor ao longo da estrada, e estava dado o pontapé de saída para o que viria a ser a JCDecaux.
A consolidação veio depois, em 1964. França dava passos largos em direcção à urbanização do seu território. As pessoas transitavam do campo para a cidade, procurando melhores condições. Jean-Claude Decaux dá particular importância aos movimentos dos novos moradores, sobretudo no que dizia respeito às deslocações de autocarro. Reparou que muitas pessoas tinham de esperar pelo seu transporte à chuva, e mesmo quando os abrigos existiam estavam em muito mau estado. Desenvolve aí uma solução que seria benéfica para todos: instala, nas paragens de autocarros, abrigos gratuitos, pedindo em troca exclusividade de exploração publicitária nesses espaços. Com esta jogada, Jean-Claude conseguiu agradar a gregos e troianos: municípios garantiram abrigos a custo zero, moradores viram-se protegidos do mau tempo, e marcas puderam anunciar os seus produtos em espaços premium.
 
 

De visionário a Empreendedor

Em 1964, Lyon é a primeira cidade a abordar Jean-Claude Decaux para estabelecer um contrato de 40 abrigos de autocarro.
Foi o trampolim para a expansão que se seguiu. Em 1970, Jean-Claude Decaux internacionalizou o seu conceito: começa por pequenos países, primeiro na vizinha Bélgica, e logo depois aqui em Portugal. Seguiram-se gigantes Europeus como a Alemanha, Espanha e Inglaterra. Vieram então os primeiros abrigos de vidro, em Amesterdão, e abriu um escritório nos Estados Unidos em 1999. No ano de 2011, a JCDecaux ganha a posição de líder mundial de OoH. Contra todo o cepticismo em torno do futuro da publicidade exterior, a JCDecaux goza hoje de respeito e admiração por parte de quem publicita e de quem vive a cidade. E é impossível imaginar a paisagem urbana de certas metrópoles sem pensar nela.
Está hoje presente em 78 países.
 
Toda a minha carreira é baseada numa constante busca da perfeição, num forte foco no design, e numa obsessão eterna para tornar os nossos equipamentos úteis para a sociedade. Jean-Claude Decaux
 
 

Por fim, o Inovador

Desde o início de sua carreira, Jean-Claude Decaux está constantemente à procura de mobiliário urbano inovador, com o intuito de tornar a vida da cidade mais agradável a quem lá mora. Nesse sentido, tem desenvolvido várias iniciativas. 
A vivência citadina e a própria moldura urbana tem ganho com a colocação de mobiliário urbano moderno e de qualidade, juntando a isso activos de alto valor utilitário como mapas da cidade, sanitários, sinalização, bancos e um sistema de aluguer de bicicletas.

Jean-Claude Decaux sempre foi apaixonado pelo negócio que montou de raiz. Desde que começou a produzir publicidade, ainda na sua adolescência, nunca perdeu de vista os valores essenciais de qualidade, inovação, design e sustentabilidade. Sempre se esforçou pela confirmação prática do seu lema: "Só o melhor é suficientemente bom". Só assim a JCDecaux pode oferecer a melhor qualidade e serviço.