A comunicação Out of Home, ou publicidade exterior, é considerada a forma de publicidade mais antiga para as marcas comunicarem à massas. Out of Home (OOH) é uma estratégia comunicativa que pretende chegar aos consumidores, quando os mesmos se encontram fora de casa, tendo sido concebida para captar a atenção de pessoas que estão em movimento, ou à espera em locais públicos.

O Out of Home apresenta-se nos mais variados meios, como na rua, em aeroportos, em centros comerciais e nos transportes públicos, sob os mais variados formatos:
  • Mupis e Abrigos
  • Mupis digitais
  • Séniores
  • 8x3
  • Empenas
  • Mupes
  • Minis

A ideia central do Out of Home é poder estar onde os consumidores estão: na rua. Seja em deslocações para o trabalho, idas ao supermercado, viagens, encontros de família, jantares com amigos, todos estes momentos implicam que os cidadãos se movimentem no exterior, local onde o mobiliário urbano é instalado por parceiros de Out of Home, como a JCDecaux.

Devido à COVID-19, o investimento em estratégias publicitárias Out of Home em 2020 decresceu cerca de 10% a nível mundial. O mercado de publicidade exterior levará cerca de dois anos a recuperar, sabe-se que o investimento realizado pelas empresas, numa aposta comunicacional Out of Home, está a crescer este ano 6,7% e em 2022, prevê-se que aumente mais 4%.

A força da publicidade exterior prevalece, sabe-se que a cobertura publicitária que o Out of Home garante às marcas varia entre 80 e 90%, tendo como foco a sua capacidade de abranger uma audiência vasta de clientes e futuros consumidores, impactando-os com uma comunicação diferenciadora.

Em 2020, antes da pandemia, o mercado de Out of Home produzia uma média semanal entre 74 e 76K GRP’s (pontos de audiência bruta). No primeiro trimestre deste ano, verificou-se um decréscimo deste valor, mas não assim tão significativo (46k). Apesar do período de confinamento enfrentando, sabe-se que o meio Out of Home conseguiu mesmo assim alcançar, no início de 2021, 86% dos consumidores que saíram à rua.

Atualmente, com a retoma aos hábitos de consumo no exterior, é pertinente continuar a apostar nesta estratégia de publicidade para produtos e serviços geolocalizados e grandes campanhas. Para isso, saiba como retirar o máximo de partido da comunicação Out of Home, de modo a garantir que a mensagem da sua marca é bem transmitida e se prende à mente daqueles que consomem os seus bens ou serviços prestados.
 

Qual é a imagem que quero passar?

A publicidade Out of Home tem um benefício que a maioria das campanhas de televisão, rádio e mobile não têm: localizam-se onde o consumidor está e não podem ser “desligadas”, ou seja, ignoradas por mecanismos a priori definidos.

Criar uma comunicação Out of Home impactante, com storytelling e com uma mensagem direta e breve é o primeiro passo. As marcas devem ter consciência que o mobiliário urbano tem de apresentar um diálogo contínuo entre a sua funcionalidade e o seu design. Atrair a atenção dos consumidores e permitir que a mensagem penetre na mente dos que irão, futuramente, adquirir o produto ou serviço publicitado é extremamente crucial.
 

Onde está o meu público-alvo?

O Out of Home permite as marcas comunicarem somente em localizações que lhes interessam. Assim, estudar previamente os dados demográficos dos consumidores (faixa etária, interesses), que se encontram nas redondezas do inventário de anúncios OOH, garantirá o sucesso de uma campanha de comunicação em mobiliário urbano.

Saber estar no sítio certo, durante o período de tempo certo, garante que as marcas obtenham uma máxima cobertura, ativa 24/7, num meio de massas, sem prejudicar o seu controlo de investimentos.
 

Identificar a necessidade e resolvê-la

A comunicação Out of Home está, mais do que nunca, orientada para o desempenho e para a sua influência imediata no percurso do consumidor. As estratégias, quando comunicadas pelas marcas, devem ter também em conta o ponto de interesse (POI), ou seja, identificar necessidades que podem ser respondidas de imediato.

Esta é mais uma forma de maximizar o impacto da comunicação Out of Home, especialmente, de empresas locais e presentes de forma física nas proximidades da campanha, como retalho e restauração. Marcas como McDonald’s, Leroy Merlin, Santogal e Mini Preço fazem isto como ninguém.

Através de mobiliário urbano como mupes, abrigos, mupis, entre outros, as marcas podem criar mensagens direcionadas automaticamente à ação de consumo. A publicidade Out of Home pode ser criativa e pertinente, transmitindo uma informação relevante sobre um serviço ou produto que pode ser adquirido logo após o consumidor ter visualizado a publicidade.
 

Out of Home: a JCDecaux tem a solução

Desde 1972, que a JCDecaux Portugal é líder em soluções OOH. Contacte-nos e descubra, junto de uma equipa de especialistas, como combinar a inovação e o marketing numa única forma de comunicar o seu negócio. Amplifique a comunicação da sua empresa, ainda hoje.

 
Fontes:
https://www.jcdecaux.pt/out-home
https://www.tamoco.com/blog/out-of-home-advertising-ooh/
https://neilpatel.com/blog/out-of-home-advertising/
https://recil.grupolusofona.pt/bitstream/10437/9456/1/TESE_Final_M.%20NUNO%20FIALHO.pdf
https://www.apepe.pt/#
https://www.apepe.pt/PSEComunicacao4Fev2021VF4FEV.pdf
https://oaaa.org/portals/0/public%20pdfs/take%20your%20message%20further.pdf