Já se vislumbram tempos de pós-pandemia e, consequentemente, a vontade de viajar e de programar férias voltam a estar nos planos das pessoas. De acordo com a European Travel Comission, 68% dos europeus admitiu ter planeado viajar entre julho de 2021 e janeiro de 2022, sendo que 57% afirma que o Certificado Digital COVID da EU veio facilitar este planeamento.

O maior desejo, associado ao ato de viajar, por parte dos consumidores, relaciona-se com férias de lazer, sendo que 53% declara já ter ido, ou estar a preparar, viajar para um país europeu nos próximos seis meses.

Segundo o relatório institucional da JCDecaux Airport “Airports: Open for Business” (2019), a nível sociodemográfico os passageiros nacionais mais ativos são:
  • 61% homens (mais frequente entre 35 e os 44 anos)  em Lisboa;
  • 51% mulheres (mais frequente entre 25 e 34 anos) no Porto;
  • 53% homens (mais frequente entre os 35 e os 44 anos) na Madeira;
  • 56% mulheres (mais frequente entre os 35 e os 44 anos) em Ponta Delgada.
 


Através de estudos realizados em vários aeroportos, sabe-se que os comportamentos de consumo mais comuns, baseados na publicidade em aeroportos são:
  • “Shopaholic” – consumidores com poder de compra que gostam de consumir de forma geral, e apreciam fazê-lo em ambientes como aeroportos ou centros comerciais;
  • “Price Seekers” – consumidores que se sensibilizam para a compra através do preço associado ao objeto ou serviço anunciado;
  • “Minimalist” – consumidores que apreciam saber as vantagens e desvantagens do bem de consumo anunciado;
  • “Convenience” – consumidores que adquirem objetos de consumo devido à sua conveniência associada, i.e., não tenham de perder muito tempo no processo de aquisição ou deslocarem-se muito para o obter o que pretendem.

Assim, a comunicação nos aeroportos demonstra ser uma estratégia promissora para as marcas, pois estar presente onde grandes audiências de consumo se encontram diariamente, nunca foi tão importante.

Publicidade em aeroporto: uma valiosa audiência de consumo

A publicidade nos aeroportos é um meio de comunicação eficaz para marcas que desejam estar em contacto com consumidores que apresentem um estado mais recetivo à sua mensagem, por via de awareness, pela sua maior prontidão para a compra, e pelo tempo médio que passam no aeroporto (cerca de 3 horas). Sabe-se que:
  • 78% dos passageiros gostam de comprar no aeroporto;
  • 77% dos passageiros prestam atenção à publicidade no aeroporto;
  • 67% dos visitantes esperam ver e comprar marcas internacionais;
  • 85% apreciam ver publicidade no aeroporto.

Assim, quais são as principais razões que as marcas devem reter, de forma a justificar o investimento em publicidade nos aeroportos? Segundo a JCDecaux:
  • É uma comunicação que alcança passageiros recetivos, animados e positivos para o consumo;
  • A comunicação é feita para um público-alvo, dos quais, 70% gosta de consumir produtos/serviços de marcas internacionais, ou que dificilmente encontram em comércio local. Áreas como luxo, beleza e eletrónica são, por norma, as mais beneficiadas;
  • O ambiente de aeroporto ajuda a criar uma maior perceção de prestígio, confiança e luxo associada às marcas;
  • A publicidade em aeroporto torna-se um foco de atenção inevitável, conseguindo assim aumentar ainda mais o brand awareness;
  • A publicidade em aeroporto aumenta consideravelmente a receita das marcas, com crescimentos a rondar +200%, comparativamente com publicidade noutros locais;
  • As campanhas são visualizadas por um público desejável, com previsão para aumentar nos próximos anos. Segundo o IATA, prevê-se para 2037 a presença de 8,2 biliões de passageiros aéreos.
 

Pensamos em comunicação, no ambiente aeroporto, à medida para a sua marca 

A comunicação OOH (Out-of-Home), na vertente de publicidade nos aeroportos, vem assinalar um favorável complemento a outras campanhas desenvolvidas pelas marcas através de estratégias de marketing digital.

Deixe-se levar pelas nossas soluções, presentes em locais como os aeroportos, e comece a definir (hoje mesmo) uma estratégia que irá posicionar a sua marca frente a um público-alvo nacional e internacional com um alto índice de prontidão para consumo. Contacte-nos.