Menu
A concorrência está ao rubro, mas é possível criar campanhas bem-sucedidas no final do ano. Descubra como o fazer com estas dicas.

Os números não enganam. O final do ano é uma das alturas mais movimentadas no nosso país. Em dezembro de 2021 o volume de vendas no retalho aumentou 2,6% na União Europeia (UE) face ao mesmo período do ano anterior. Em Portugal, o aumento foi bem superior, 6,3% face ao mesmo período de 2020. Entre os produtos mais vendidos estão categorias como tecnologia, têxteis, alimentos, vestuário, calçado, bebidas ou combustíveis. Razões mais do que suficientes para se começar a preparar soluções de comunicação disruptivas. Descubra como o fazer, com as dicas dos especialistas da JCDecaux Portugal.

1. Mantenha a comunicação local e direcionada

Numa altura de grandes campanhas de marcas internacionais, é fundamental encontrar um ângulo de diferenciação. Pedro Batista, Diretor de Agências e Grandes Contas na JCDecaux Portugal, deixa a recomendação: aposta na comunicação local. “Esta é a única forma para criar uma relação única e duradoura com os consumidores e, é também, o segredo das marcas que conseguem um maior nível de interação, impacto e notoriedade junto do seu público-alvo.”

As marcas que conseguem construir esta relação com o consumidor e mantêm uma comunicação consistente com uma promessa clara são percecionadas como mais autênticas. Mais do que providenciar produtos ou serviços, as marcas icónicas assumem uma responsabilidade acrescida de influenciar o setor.

sagres campanha outdoor jcdecaux portugal

 

2. Aposte na Sustentabilidade

O Natal e o Ano Novo, a Black Friday e a Cyber Monday, e até o Mundial do Qatar. Todos são momentos importantes no ano das marcas com um contributo inegável para os resultados. No entanto, para Daniela Beloniel - Coordenadora de Sustentabilidade & Segurança da JCDecaux Portugal, isso não pode vir a qualquer custo.

«A comunicação é uma ferramenta poderosa e o aliado perfeito da sustentabilidade.  Os desafios que hoje se colocam implicam necessariamente a mudança de comportamentos e a escolha das soluções mais sustentáveis. A comunicação e a forma como a própria é divulgada influencia esses comportamentos.” 

O segredo do sucesso a longo prazo reside em ter uma cultura forte, trabalhar com pessoas competentes e apaixonadas, contar com a colaboração e comprometimento de fornecedores qualificados e estar sempre ao lado dos clientes e parceiros, acrescentando valor ao seu desempenho e todos juntos construímos um futuro mais sustentável. A qualidade, a inovação, a sustentabilidade e responsabilidade social devem fazer parte do modo de ser, estar e pensar de qualquer marca, preocupação que se vai notar especialmente nas campanhas de final do ano.

3. Defina claramente o propósito da campanha

A concorrência na época natalícia é sempre intensa, e este ano não será diferente. A aposta em formatos e ativações diferenciadores vai continuar. Desde a decoração de uma paragem de autocarro, passando por videomapping na fachada de um edifício ou por um mupi selfie tecnológico, as marcas querem ir sempre mais longe. O Natal, altura em que as pessoas estão mais predispostas a ouvir novas propostas, convida precisamente à criação de campanhas diferenciadoras. 

Para Gustavo González, à frente da coordenação da área de Creative Solutions & Projetos Especiais, na JCDecaux Portugal, criar campanhas verdadeiramente criativas e eficazes é um processo que exige, acima de tudo, um direção estratégica bem definida. “Em primeiro lugar, é importante que as marcas tenham o propósito, o posicionamento e os objetivos muito bem definidos, bem como o target a atingir.” O processo criativo, de partilha e avaliação de ideias, só pode começar estando esta base bem definida.

casteloes campanha jcdecaux natal outdoor

 

4. Crie uma relação emocional com o público

O Natal é uma altura altamente emocional, em que os consumidores esperam uma atitude relacional e uma postura que vá para além da venda por parte das suas marcas favoritas. Este é precisamente o ponto mais importante a ter em conta aquando da criação de uma campanha para estas datas. 

Gustavo González, à frente da coordenação da área de Creative Solutions & Projetos Especiais, na JCDecaux Portugal “O melhor conselho que posso dar a uma marca não é, na verdade, um conselho, mas sim um desejo: que consigam mais tempo para pensarem, discutirem e avaliarem, connosco. O tempo é uma variável-chave no processo e resultado criativo e emocial que se pode criar com o público-alvo.

Regra que se aplica a marcas de todos os setores e dimensões em qualquer altura mas com particular força no final do ano.

5. Proporcione uma experiência única

José Carriço é o colaborador mais antigo da JCDecaux Portugal, e viu a comunicação evoluir ao longo de 35 natais. A publicidade passou a ser mais dinâmica, rápida e interativa. Passou a ser possível segmentar a comunicação, medir resultados, avaliar o desempenho de campanhas antes de irem para o terreno, acompanhar o estado dos suportes, entre tantas outras coisas.

Mas apesar das muitas mudanças, as coisas mais importantes permaneceram iguais. “O segredo está sempre em proporcionar experiências únicas.” São os pequenos detalhes inesperados que fazem a diferença e que tornam uma campanha parte da memória dos portugueses.

Segundo Pedro Batista, Diretor de Agências e Grandes Contas na JCDecaux Portugal "as marcas que conseguem construir esta relação com o consumidor e mantêm uma comunicação consistente com uma promessa clara são percecionadas como mais autênticas". 

Estes são apenas alguns dos conselhos da nossa equipa de especialistas. Mas cada campanha, cada projeto, é único e merece ser estudado com atenção. Entre em contacto para saber o que podemos fazer pela sua marca e comece hoje a preparar o final do ano.

Publicado em Atualidade